25 de julho de 2017

Filme: Transformers - O Último Cavaleiro

Dia 20 de Julho, mais precisamente quinta-feira passada, estreou o filme Transformers - O Último Cavaleiro, e apesar de eu querer ter ido na estréia, não consegui, mas fui no dia seguinte.  

Tai um filme que eu gosto desde o primeiro filme, (talvez desde os brinquedos haha), Transformers  é um filme com muitos efeitos especiais, muita ação, aliás, adoro filmes com muita ação, então a maioria me conquista facilmente.


Antes de falar do filme preciso deixar uns desabafos, risos.

Primeiro que não entendo o porque quando tem sagas, trilogias e infinitos números de sequências de filmes, eles trocam os atores. Porque no primeiro, sempre a gente acaba sendo conquistada(o), além da história, pelos atores que fazem a gente viver aquilo com eles, vocês não concordam?  E mudando os atores, acaba perdendo um pouco a "graça", acho que tinha que ser como em Velozes e Furiosos que o (mara) Vin Diesel é o principal, pronto e acabou, mas não, o povo inventa de cada hora por um, e a gente fica igual barata tonta tentando entender onde foi parar...


TRANSFORMERS O ÚLTIMO CAVALEIRO

Antes de ir ao cinema, não quis ler nada do filme para não criar expectativas (apesar da minha expectativa já ser criada só por saber que o filme vai entrar em cartaz), e me surpreendi quando apareceu o ator Anthony Hopkins, (personagem - Sir Edmund Burton) porque né, o cara é um ícone, e mesmo que pareça que ele está no modo automático, ainda assim ele dá um toque especial na trama.


Outra cosia que fiquei "maior feliz", foi quando vi que fizeram uma homenagem ao meu nome, Vivian Wembley (Viviane), nome da personagem da atriz Laura Haddock, pena que com um N só, risos, mas ai já pedir demais né? hahaha.


Sinopse:
"Humanos e Transformers estão em guerra, Optimus Prime desapareceu. A chave para salvar nosso futuro está enterrada nos segredos do passado, na história escondida dos Transformers na Terra. A esperança de salvar nosso mundo cai sobre os ombros de uma aliança improvável: Cade Yeager (Mark Wahlberg); Bumblebee; um lorde inglês (Sir Anthony Hopkins) e uma professora de Oxford (Laura Haddock). Chega um momento na nossa vida que todos somos chamados para fazer a diferença. 
Em Transformers: O Último Cavaleiro, os caçados serão heróis. Os heróis se tornarão vilões. Apenas um mundo sobreviverá: o deles ou o nosso."





A Adolescente órfã, Isabella e seu lindo (eu achei ele lindo, precisando de uns "reparos", mas lindo), robozinho (Autobot) Squeeks. Ela vive clandestinamente entre os Transformers, cuidando deles como se fosse sua família, mas acaba entrando na vida de Cade.


Não vou dizer que amei esse filme, mas gostei, até chorei, risos, porque é inquestionável que os efeitos especiais são demais, que quando tem as transformações de robôs para carros ou carros para robôs, e que quando o lider dos Autobots, Optimus Prime diz: Eu sou Optimus Prime, é de arrepiar, vibrar e emocionar.
E que o Bee (a íntima) é um fofo que todo mundo queria ter por perto, risos, exageros a parte, sinceramente, achei um pouco confuso em algumas partes e que poderiam ter encurtado um pouco a trama, pois tem 2 horas e 29 minutos, mas pra quem é fã (assim como eu), vale a pena assistir e escutar o "barulhinho" de quando começa o filme e de todas as "transformações", adoro esse som.


Quer assistir o trailer? É só dá play ai no meio da imagem


Titulo Original: Transformers - The Last Knight / Direção: Michael Bay / Duração: 149 min.

E ai alguém já assistiu? O que acharam?

Beijokas

Nenhum comentário:

Postar um comentário