29 de junho de 2016

Protetor Solar Facial Toque Seco Antissinais FPS 60 - Nivea

Protetor solar é sempre um assunto que me interessa muito e apesar de o Anthelios Airlicium FPS 30 da La Roche post aqui, ser meu queridinho, fiquei curiosa para testar o Protetor Solar Facial Toque Seco Antissinais FPS 60 da Nivea por causa das promessas: toque seco, antissinais, alta proteção, controle do brilho prevenir o envelhecimento e ainda ser resistente a água. É promessa pra lá de boa e seria a perfeição no tubinho, caso cumprisse tudo né?
Mas vamos ver o que achei?


O que diz a marca:
Sua fórmula fluida ultra leve com toque seco é de rápida absorção e ajuda no controle do brilho da pele. Oferece proteção imediata UVA/UVB conta os efeitos do sol, prevenindo o envelhecimento da pele* (rugas e manchas solares).


A embalagem dele é plástica, pequenininha, bonitinha, bem prática, vem dentro de uma caixinha e dá pra carregar pra todo lado por ter tampinha de rosquear, evitando o risco de vazar.
O produto é branco, a textura dele é bem fluida e leve, o cheiro até que é gostosinho, não tem nenhuma característica de cheiro de praia que normalmente os protetores solares tem.
Ele espalha fácil e não deixa com aparência esbranquiçada.
A marca diz que ele tem rápida absorção, mas esse efeito, na minha pele pelo menos, ele não tem. Demora de 15 a 20 minutos para secar e sumir o óleo brilho.


Na embalagem está escrito que tem que agitar bem antes de usar o produto e na primeira vez que usei, depois de agitar o produto, assim que passei no rosto eu dei um grito, porque ele deixou minha pele tão oleosa, parecendo que tinha passado óleo de pastel de feira, e só depois de um tempo, é que foi sumindo e ficando com a pele sequinha.


Na minha pele que é oleosa, mas atualmente está mega super oleosa, ele age da seguinte forma: assim que aplico o produto, ele deixa minha pele com aspecto muito oleoso e demora um pouco para secar, depois absorve e deixa a pele sequinha, mas não segura mais que 6 horas.

Não achei nas embalagens e nem no site da marca o PDD dele, e pra quem não lembra, ou não sabe o que é PDD, é Persistent Pigment Darkening, traduzindo, é a proteção contra os raios UVA, e que o ideal é acima de 12.
Apesar da minha pele não absorver rápido, eu gostei do produto, mas não amei. Vou continuar usando até acabar, afinal, dinheiro não aceita desaforo, mas não pretendo comprar de novo.


Pra quem tem a pele mista ou não tão oleosa quanto a minha, pode se jogar, porque ele é uma boa opção e tem um preço amigo.
Paguei R$ 43,90 na Drogasil, mas depois vi que tem lugares mais em conta, por volta de R$36,00. É vendido em farmácias, perfumarias e supermercados.

Tem também nas versões: FPS 30 e a Tinted FPS 60

Vocês já usaram? O que acharam?
Qual o protetor solar preferido de vocês?

Beijokas

Nenhum comentário:

Postar um comentário